POR QUAL MOTIVO TEMOS QUE CEAR?

15_a_ceia_do_senhor

Uma pergunta que muitos não sabem responder, para compreendermos o “MOTIVO” é necessário um estudo sobre o assunto, o que passaremos a tratar agora:

I Coríntios 11: 23 – PORQUE EU RECEBI DO SENHOR O QUE TAMBÉM VOS ENSINEI: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; 24 – E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; ISTO É O MEU CORPO QUE É PARTIDO POR VÓS; fazei isto em memória de mim. 25 – Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: ESTE CÁLICE É O NOVO TESTAMENTO NO MEU SANGUE; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

Esta é a Carta de Paulo a Igreja de Coríntios, observe que ele diz : “Eu recebi do Senhor o que eu vos ensinei”, isso nos revela a importância do assunto que estava sendo Tratado. Paulo Estava explicando a igreja o que Jesus fez na noite da “ceia de pascoa”, que hoje é chamada de “Santa Ceia”.

Paulo recebeu um ensinamento importante da parte de Deus que precisava ensinar a igreja, isso já esta evidente, mas, por que ele queria explicar algo que já era costume do povo Judeu “A CEIA DE PASCOA”?

A resposta é que, a partir daquela ocasião, a “CEIA DE PASCOA” teria outro significado ou outro “MOTIVO” para ser celebrada. Para isso, o Apóstolo relembra cuidadosamente o que o Senhor Jesus fez naquela noite.

Para que haja melhor compreensão leiamos os versículos que relatam que Jesus e seus discípulos reuniram-se para a “CEIA DE PASCOA”, é necessário esclarecermos que o nome “SANTA CEIA” só surgi muitos séculos depois, na história do homem e não está na Bíblia, e de certa forma  confundi alguns, que não compreendem o significado e importância deste evento, este nome, apesar de ser belo e bem adaptável ao evento, representa hoje, que, não há vínculo entre “PASCOA” e “SANTA CEIA”, que são dois eventos diferentes, seria certo afirmar isso?

Os únicos nomes encontrados na Bíblia em relação a este evento é “CEIA DO SENHOR” em (I Coríntios 11.20) e “PÁSCOA” como leremos abaixo:

Lucas 22: 7 – Chegou, porém, o dia dos ázimos, em que importava SACRIFICAR A PÁSCOA. 8 – E mandou a Pedro e a João, dizendo: IDE, PREPARAI-NOS A PÁSCOA, PARA QUE A COMAMOS. 9 – E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos? 10 – E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar. 11 – E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: ONDE ESTÁ O APOSENTO EM QUE HEI DE COMER A PÁSCOA COM OS MEUS DISCÍPULOS? 12 – Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado; aí fazei preparativos. 13 – E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e PREPARARAM A PÁSCOA.

A “CEIA DO SENHOR” seria uma nova “CEIA” que não tem relação nem uma com a “CEIA DE PASCOA” ?

Vamos relembrar o significado da pascoa dos Judeus para melhor compreendermos. A festa da pascoa comemorava o grande livramento de Deus, a libertação da escravidão do povo Judeu, das mãos de faraó no Egito. Vamos ler cuidadosamente os versículos que revelam a estratégia que Deus usou. Naquela ocasião Deus manda cada um separa para si um cordeiro, um para cada família:

Êxodo 12:3 – Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês TOME CADA UM PARA SI UM CORDEIRO, SEGUNDO AS CASAS DOS PAIS, UM CORDEIRO PARA CADA FAMÍLIA.

Depois mandou que eles sacrificassem o tal cordeiro, e o seu sangue deveria ser posto nas umbrais das portas, tendo eles em seguida que comer a carne do cordeiro assado:

Êxodo 12:6-8 – 6 – E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, E TODO O AJUNTAMENTO DA CONGREGAÇÃO DE ISRAEL O SACRIFICARÁ À TARDE. 7 – E TOMARÃO DO SANGUE, E PÔ-LO-ÃO EM AMBAS AS OMBREIRAS, E NA VERGA DA PORTA, nas casas em que o comerem. 8 – E naquela noite COMERÃO A CARNE ASSADA NO FOGO, com pães ázimos; com ervas amargosas a comerão.

O Senhor naquela noite estava preparando a libertação do seu povo, que foi poupado da morte e liberto da escravidão, essa era a razão e significado da pascoa do Senhor…

Êxodo 12:11- Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; ESTA É A PÁSCOA DO SENHOR. 12 – E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o SENHOR. 13 – E AQUELE SANGUE VOS SERÁ POR SINAL NAS CASAS EM QUE ESTIVERDES; VENDO EU SANGUE, PASSAREI POR CIMA DE VÓS, E NÃO HAVERÁ ENTRE VÓS PRAGA DE MORTANDADE, quando eu ferir a terra do Egito.

Então, por esta grande vitória o Senhor ordena que eles comemorem esse dia, chamado de pascoa:

Êxodo 12: 14 – E este dia vos será por memória, e CELEBRÁ-LO-EIS POR FESTA AO SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo.

Comemorar a páscoa era festejar a Grande libertação do povo Judeu, por intermédio do Senhor. Mas, por que Deus usou todo este ritual para depois liberta-los? Por que Ele simplesmente não libertou? Por que cada ato deste ritual tinha um significado!

Para compreendermos devemos observar detalhadamente e comparar com o que Jesus falou e fez na noite da pascoa com seus discípulos.

Lucas 22.15 – E disse-lhes: DESEJEI MUITO COMER CONVOSCO ESTA PÁSCOA, antes que padeça;

Jesus reforça a importância deste evento exibindo sua ansiedade e alegria de está finalmente celebrando sua ultima páscoa, mas, não era só por ser sua ultima páscoa com seus discípulos  e sim por causa do novo significado ou novo “MOTIVO” que o evento representava…

Lucas 22. 19 – E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.

O pão representava o corpo de Jesus o cordeiro que deveria ser imolado em favor do povo de Deus, como foi no Egito.

20 – Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue, que é derramado por vós.

O sangue é o sinal do Cordeiro sacrificado em favor do povo de Deus como no Egito. João diz que jesus é o cordeiro de deus que tira o pecado do mundo:

João 1: 29 – No dia seguinte JOÃO VIU A JESUS, que vinha para ele, e disse: EIS O CORDEIRO DE DEUS, que tira o pecado do mundo.

Jesus quer, que todos nós, nos recordemos do seu sacrifício feito para nos proporcionar a “LIBERTAÇÃO”, superior àquela operada por Deus para com os Israelitas, de fato Jesus nos libertou, nós que ÉRAMOS ESCRAVOS DO PECADO.Enquanto os Hebreus pela Páscoa recordavam o seu êxodo do Egito, nós pela “CEIA DO SENHOR JESUS” recordamos a morte de Jesus pela qual nos LIBERTOU DO PECADO E DA MORTE:PORQUE A LEI DO ESPÍRITO DE VIDA, EM CRISTO JESUS, ME LIVROU DA LEI DO PECADO E DA MORTE.” (Romanos 8.2).Assim como os Israelitas se sentiam em segurança dentro das suas casas aspergidas de sangue, nós também nos sentimos em segurança tendo em vista O DIA DA IRA DE DEUS, quando Deus derramará a sua ardente indignação sobre o mundo, estamos ASPERGIDOS COM O SANGUE DE JESUS e sabemos que seremos livres da sua ira, conforme está escrito:AGORA, SENDO JUSTIFICADOS PELO SEU SANGUE, SEREMOS POR ELE SALVOS DA IRA (Romanos 5:9).Eis o que o apostolo Paulo diz aos Coríntios:PORQUE CRISTO, A NOSSA PÁSCOA, FOI SACRIFICADO POR NÓS” (1 Cor. 5:7)Cristo é nossa PÁSCOA, diz Paulo em seu discurso, então, o que pensar desta declaração?É simples, para compreendermos, temos que está atentarmos a um detalhe que ocorreu com os Judeus relacionado a Páscoa, não vamos olhar apenas para o significado da palavra “PÁSCOA” ou para a cerimonia ordenada por Deus para esta ocasião, mas, olhemos agora para o “MOTIVO” pelo qual se comemorava a “PÁSCOA”; a resposta para a pergunta “POR QUAL MOTIVO OS JUDEUS COMEMORAVAM A PASCOA?” é: por causa de sua “LIBERTAÇÃO” da escravidão que durou aproximadamente 430 anos. E se observarmos Paulo quando diz que Cristo é nossa Pascoa ele está indicando que Jesus morreu para nos libertar, o “MOTIVO” de celebramos hoje a “CEIA DO SENHOR” é nossa “LIBERTAÇÃO”.

A ceia de PASCOA dos Judeus foi ordenada por Deus para que eles comemorassem sua libertação e se lembrassem da provisão de Deus, assim também como a “CEIA do SENHOR” representa nossa Libertação e nos lembra da provisão de Deus para nós.

O que chamam hoje de “SANTA CEIA” é nossa “FESTA DA LIBERTAÇÃO” Jesus é a nossa pascoa.

I Corintios 5: 7 – Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. PORQUE CRISTO, NOSSA PÁSCOA, FOI SACRIFICADO POR NÓS. 8 – Por isso FAÇAMOS A FESTA, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.

Devemos comemorar a vitória da nossa Libertação, como lemos anteriormente, Jesus é a nossa páscoa, por isso comemos o pão (Corpo do Cordeiro) e bebemos o vinho (Sangue do Cordeiro), que é a celebração da nossa pascoa.

Testo elaborado por: Pastor Alexandre Silva Maciel

Mande seu E-Mail para pastor.alexandre_silva@hotmail.com agora mesmo: clica aqui 

Faça Download desta postagem CLICA AQUI: POR QUAL MOTIVO TEMOS QUE CEAR (blog)

Sobre Blog do Pastor Alexandre

Blog do Pastor Alexandre Silva

DEIXE SUA OPINIÃO

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Arquivos

TEMAS E CATEGORIAS

%d blogueiros gostam disto: