ACONTECIMENTOS DOS ÚLTIMOS DIAS PARTE 5

Programa Libertando os Cativos

O FESTIVAL PROMESSAS

Antes de tudo, saibam que, Deus perdoa aos homens por misericórdia e amor, aqueles porem que produzem frutos dignos de arrependimento.

“Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.”                     (Atos 17:30-31)

Ver o post original 2.206 mais palavras

ACONTECIMENTOS DOS ÚLTIMOS DIAS PARTE 4

Programa Libertando os Cativos

CONHEÇA A  4ª  PEÇA DE NOSSO QUEBRA-CABEÇA, “A REDE GLOBO E AS SIMBOLOGIAS PAGÃS.

De acordo com o site wikipédia, a rede globo é assistida por 150  milhões de pessoas todos os dias, e é também a 4ª maior rede de tv pública do mundo, e um dos maiores produtores de telenovelas do planeta. Fundada em abriu de 1965 pelo jornalista roberto marinho; que é acusado de dar apoio ao regime militar. Os responsáveis por estas acusações utilizam como base para sua teoria um artigo editado pelo próprio, roberto marinho, publicado no jornal o globoFonte:  Wikipédia. Participamos da Revolução de 1964, identificados com os anseios nacionais de preservação das instituições democráticas, ameaçadas pela radicalização ideológica, greves, desordem social e corrupção generalizada. Quando a nossa redação foi invadida por tropas anti-revolucionárias, mantivemo-nos firmes em nossa posição.

Ver o post original 870 mais palavras

ACONTECIMENTOS DOS ÚLTIMOS DIAS PARTE 3

Programa Libertando os Cativos

O MONUMENTO AOS PRACINHAS

Agora que você conhece um pouco sobre “ECUMENISMO” e também “A MAÇONARIA E SEUS SÍMBOLOS”, uma das participantes destes movimentos religiosos; queremos exibir a você o “MONUMENTO AOS PRACINHAS” no Rio de Janeiro, palco de um dos mais polêmicos shows promovidos pela “REDE GLOBO DE TV” no ultimo dia 18 de dezembro de 2011.

Ver o post original 916 mais palavras

ACONTECIMENTOS DOS ÚLTIMOS DIAS PARTE 2

Programa Libertando os Cativos

A MAÇONARIA E O OLHO DE HORÚS

Agora que sabe sobre ecumenismo, conheça a simbologia de uma das principais organizações secretas que defendem a ideia.  Ocultismo,Maçonaria e o Olho de Hórus

Por que as sociedades secretas e iniciáticas buscam o Ocultismo? O que esperam obter através dele? E por que a presença sempre frequente nessas sociedades secretas desse amuleto egípcio chamado de Olho de Hórus?

Ver o post original 2.165 mais palavras

ACONTECIMENTOS DOS ÚLTIMOS DIAS PARTE 1

Estamos publicando nossos antigos documentários

Programa Libertando os Cativos

ECUMENISMO: UMA ASTÚCIA SATÂNICA

Ecumenismo é uma tentativa de aproximar e unir todas as religiões deixando de lado todos os aspectos doutrinários. Os ecumênicos acham que é saudável remover as doutrinas que causam as diferenças entre as crenças e, ninguém deve pensar mal de uma pessoa que promove uma doutrina diferente da que Cristo ou os apóstolos praticaram.

Ver o post original 912 mais palavras

A MURMURAÇÃO NO DESERTO

Quantas vezes o povo reclamou e por que tomaram essa atitude ao invés de crer e confiar em Deus?

Afinal o povo viu a manifestação do poder de Deus diante de seus olhos.

ddd

Por que somente alguns creram, enquanto a maioria murmurou mesmo depois de Deus têlos feito ver a manifestação de seu poder?

A primeira vez que reclamaram foi logo após saírem do Egito, antes de atravessar o mar a pés enxutos.

Êxodo 14:1014

10 – E aproximando Faraó, os filhos de Israel levantaram seus olhos, e eis que os egípcios vinham atrás deles, e temeram muito; então os filhos de Israel clamaram ao SENHOR. 11 – E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no Egito, para nos tirar de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos fizeste isto, fazendonos sair do Egito? 12 – Não é esta a palavra que te falamos no Egito, dizendo: Deixanos, que sirvamos aos egípcios? Pois que melhor nos fora servir aos egípcios, do que morrermos no deserto. 13 – Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos, e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais os tornareis a ver. 14  O SENHOR pelejará por vós, e vós vos calareis

Por que 90% do povo reclamou e desejou voltar, e 10% confiou em Deus, ainda que sentissem medo diante do perigo verdadeiro.

uuu

Há uma explicação para a atitude de Deus e também para a reação do povo. Nós já sabemos que Deus queria mostrar a força de seu poder e reconstruir a Fé e a Confiança do povo.

Porem, esta tarefa esbarra em uma questão difícil e pessoal, “o livre arbítrio de cada pessoa”. Deus tem o poder de fazer qualquer coisa, nada está fora do alcance de seu poder e sua capacidade, porém, Ele não interfere no “livre arbítrio de cada um”.

vv

Temos por exemplo a parábola do filho pródico, que o Pai permite que ele saia de sua casa, e não o impede, e logo após sua decadência, torna a casa de seu Pai que o recebe de braços abertos, ilustrando o “livre arbítrio das pessoas” ao escolher seu caminho e o incalculável amor de Deus ao perdoar o pecador que se arrepende.      

Por isso podemos entender que Deus deu e ainda dar, oportunidades a cada um de nós, de seguilo ou não, e para isso se mostra para nós através da manifestação de seu poder e seu incalculável amor, a decisão de escolher o caminho certo é nossa.

bbbc

O povo viveu e conviveu com os egípcios durante 400 anos, estavam nos últimos dias vivendo como escravos, mas, tinham uma condição bem melhor do que a do deserto.

Deus já sabia de tudo o que ia acontecer ao povo:

Gênesis 15:1314

13  Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos14 – Mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depois sairá com grande riqueza.

Da mesma forma, Deus já nos conhece a cada um de nós, e também nos dá a mesma condição, que qualquer um tem, de servilo e seguilo, a única diferença é a escolha que cada um de nós faz.

A maioria do povo escolheu pecar contra Deus reclamando de sua condição material.

Por que??

bfgfd

A única explicação para tudo isso é o costume corrompido do povo.

I Coríntios 15:33

33  Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.

Ezequiel 20: 6-8

6 – Naquele dia levantei a minha mão para eles, para os tirar da terra do Egito, para uma terra que já tinha previsto para eles, a qual mana leite e mel, e é a glória de todas as terras. 7 – Então lhes disse: cada um lance de si as abominações dos seus olhos, e não vos contamineis com os ídolos do Egito; eu sou o Senhor vosso Deus. 8 – Mas rebelaram-se contra mim, e não me quiseram ouvir; ninguém lançava de si as abominações dos seus olhos, nem deixava os ídolos do Egito; então eu disse que derramaria sobre eles o meu furor, para cumprir a minha ira contra eles no meio da terra do Egito.  

O povo pecava por que já tinha se corrompido com os maus costumes idolatras do Egito e desejava todo o seu poder (luxúria, riquezas e vaidades).

jkml

Na visão corrompida do povo “vitória” representava ter uma vida na luxúria e bem estar financeiro, desfrutando do bom e do melhor, era assim que os Egípcios viviam.

Por isso, não conseguiam ver a GRANDE VITÓRIA que Deus estava concedendo a eles.

O convívio com o povo Egípcio havia invertido os valores no coração do povo.

Então inúmeras vezes eles reclamaram de suas condições no deserto, mesmo estando na presença de Deus, para Eles era melhor ter sucesso financeiro.

Pensando dessa forma, podemos entender o por que de tantas reclamações, depois de ter visto a manifestação poderosa de Deus.

Observe que as reclamações do povo sempre envolvia algo material, e sempre lembravam que no Egito “era bem melhor”.

jhbn

E O POVO POR INÚMERAS VEZES RECLAMA PERANTE DEUS.

Êxodo 15:2325

23 – Então chegaram a Mara; mas não puderam beber das águas de Mara, porque eram amargas; por isso chamouse o lugar Mara. 24 – E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber? 25 – E ele clamou ao SENHOR, e o SENHOR mostroulhe uma árvore, que lançou nas águas, e as águas se tornaram doces. Ali lhes deu estatutos e uma ordenança, e ali os provou. 

cxcc

E O SENHOR FEZ CHOVER O PÃO DO CÉU (MANÁ).

Êxodo 16:14

1  E PARTINDO de Elim, toda a congregação dos filhos de Israel veio ao deserto de Sim, que está entre Elime Sinai, aos quinze dias do mês segundo, depois de sua saída da terra do Egito. 2 – E toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão no deserto. 3  E os filhos de Israel disseramlhes: Quem dera tivéssemos morrido por mão do SENHOR na terra do Egito, quando estávamos sentados junto às panelas de carne, quando comíamos pão até fartar! Porque nos tendes trazido a este deserto, para matardes de fome a toda esta multidão4  Então disse o SENHOR a Moisés: Eis que vos farei chover pão dos céus, e o povo sairá, e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu o prove se anda em minha lei ou não.

Os tempos de fartura e boa comida no Egito é lembrado pelo povo materialista e corrompido que precisava se converter no deserto e Deus lhes dá o Maná dos Céus.

m,vnvnvn

DEUS FAZ SAIR ÁGUA DA ROCHA

Êxodo 17:1,3,5

1  DEPOIS toda a congregação dos filhos de Israel partiu do deserto de Sim pelas suas jornadas, segundo o mandamento do SENHOR, e acampou em Refidim; e não havia ali água para o povo beber. 2 – Então contendeu o povo com Moisés, e disse: Dános água para beber. E Moisés lhes disse: Por que contendeis comigo? Por que tentais ao SENHOR? 3  Tendo pois ali o povo sede de água, o povo murmurou contra Moisés, e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado? 4  E clamou Moisés ao SENHOR, dizendo: Que farei a este povo? Daqui a pouco me apedrejará. 5  Então disse o SENHOR a Moisés: Passa diante do povo, e toma contigo alguns dos anciãos de Israel; e toma na tua mão a tua vara, com que feriste o rio, e vai. 6  Eis que eu estarei ali diante de ti sobre a rocha, em Horebe, e tu ferirás a rocha, e dela sairão águas e o povo beberá. E Moisés assim o fez, diante dos olhos dos anciãos de Israel.

hdhhdhd

Para o povo parecia que Deus não estava com eles, já que no Egito os Deuses eram bem diferentes, mostravam seu poder dando a seu povo toda luxúria e riquezas. Isso nos faz lembrar do encontro de satanás e Jesus no deserto.

Lucas 4:58

5  E o diabo, levandoo a um alto monte, mostroulhe num momento de tempo todos os reinos do mundo.

6  E disselhe o diabo: Darteei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e douo a quem quero. 7  Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. 8  E Jesus, respondendo, disselhe: Vaite para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás.

Moises subiu no monte para falar com Deus e ficou 40 dias e 40 noites.

Êxodo 32:1

1  MAS vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercouse de Arão, e disselhe: Levantate, fazenos deuses, que vão adiante de nós; porque quanto a este Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe sucedeu.

Êxodo 32:78

7 – Então disse o SENHOR a Moisés: Vai, desce; porque o teu povo, que fizeste subir do Egito, se tem corrompido, 8 – E depressa se tem desviado do caminho que eu lhe tinha ordenado; eles fizeram para si um bezerro de fundição, e perante ele se inclinaram, e ofereceramlhe sacrifícios, e disseram: Este é o teu deus, ó Israel, que te tirou da terra do Egito.

mgmgmmjjk

Ao total foram dez vezes que o povo murmurou contra o Senhor. Mas, desta vez, possivelmente a quinta, O Senhor conversava com Moises no Monte Sinai durante 40 dias e 40 Noites, Ele estava estabelecendo suas leis para que o povo compreendesse o que era certo e errado diante de Deus. Mas grande foi a decepção de Moises ao ver o que o povo havia feito.

Êxodo 32:1920 

19  E aconteceu que, chegando Moisés ao arraial, e vendo o bezerro e as danças, acendeuse lhe o furor, e arremessou as tábuas das suas mãos, e quebrouas ao pé do monte; 20 – E tomou o bezerro que tinham feito, e queimouo no fogo, moendoo até que se tornou em pó; e o espargiu sobre as águas, e deuo a beber aos filhos de Israel.

hfhhfhf

Deus estava selecionando e separando seu povo, estabelecendo regras e condições a serem observadas e obedecidas, mas, o coração corrompido de muitos fazia com que eles não se submetessem a Deus completamente. Quando recebiam as bênçãos ficavam felizes e satisfeitos, porém, vindo as provas logo murmuravam. Com isso era logo identificado quem era que servia a Deus de todo o coração e os que só serviam pelos benefícios.

Moises separa os adoradores.

Êxodo 32:2728

27 – E disselhes: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho. 28  E os filhos de Levi fizeram conforme à palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns três mil homens.

Êxodo 32:3033

30  E aconteceu que no dia seguinte Moisés disse ao povo: Vós cometestes grande pecado. Agora, porém, subirei ao SENHOR; porventura farei propiciação por vosso pecado. 31  Assim tornouse Moisés ao SENHOR, e disse: Ora, este povo cometeu grande pecado fazendo para si deuses de ouro. 32  Agora, pois, perdoa o seu pecado, se não, riscame, peçote, do teu livro, que tens escrito. 33  Então disse o SENHOR a Moisés: Aquele que pecar contra mim, a este riscarei do meu livro.

Deus tem separado seu povo, por que tem amado, de tal maneira, incompreensível para nós, mas, não impossível para Ele. Deus não leva em conta os tempos de ignorância,  em que andávamos perdidos e condenados a morte pelo pecado, nos chama hoje ao arrependimento, disposto a perdoar todos os nossos pecados e restaurar nossa comunião com Ele. Porém, Ele não pode conviver com o pecado, e nos dá a condição de renunciarmos tudo, para termos um relacionamento com Ele, só os verdadeiros adoradores o conheceram face a face. Através de Jesus  somos justificados perante nosso Deus, e tomamos posse da vida eterna, se porém permanecermos fieis a Ele até a morte. 

PARA BAIXAR ESTE MATERIAL CLICA AQUI: MURMURAÇÃO (BLOG)

MINISTÉRIO PROFÉTICO DE LIBERTAÇÃOPASTOR ALEXANDRE SILVAPASTORA MARIANA SILVARUA: INSPETOR ANTÔNIO OLIVEIRA Nº : 1914 BAIRRO: UNIVERSIDADECULTOS TERÇAS, QUINTAS E SÁBADOS ÀS 19:30 hS

FONES: (96) 9131 1217 9119 7002

EMAIL’S:   pastor.alexandre_silva@hotmail.com

pastora.mariana_silva@hotmail.com   /    libertandooscativos@hotmail.com

POR QUAL MOTIVO TEMOS QUE CEAR?

15_a_ceia_do_senhor

Uma pergunta que muitos não sabem responder, para compreendermos o “MOTIVO” é necessário um estudo sobre o assunto, o que passaremos a tratar agora:

I Coríntios 11: 23 – PORQUE EU RECEBI DO SENHOR O QUE TAMBÉM VOS ENSINEI: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; 24 – E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; ISTO É O MEU CORPO QUE É PARTIDO POR VÓS; fazei isto em memória de mim. 25 – Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: ESTE CÁLICE É O NOVO TESTAMENTO NO MEU SANGUE; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

Esta é a Carta de Paulo a Igreja de Coríntios, observe que ele diz : “Eu recebi do Senhor o que eu vos ensinei”, isso nos revela a importância do assunto que estava sendo Tratado. Paulo Estava explicando a igreja o que Jesus fez na noite da “ceia de pascoa”, que hoje é chamada de “Santa Ceia”.

Paulo recebeu um ensinamento importante da parte de Deus que precisava ensinar a igreja, isso já esta evidente, mas, por que ele queria explicar algo que já era costume do povo Judeu “A CEIA DE PASCOA”?

A resposta é que, a partir daquela ocasião, a “CEIA DE PASCOA” teria outro significado ou outro “MOTIVO” para ser celebrada. Para isso, o Apóstolo relembra cuidadosamente o que o Senhor Jesus fez naquela noite.

Para que haja melhor compreensão leiamos os versículos que relatam que Jesus e seus discípulos reuniram-se para a “CEIA DE PASCOA”, é necessário esclarecermos que o nome “SANTA CEIA” só surgi muitos séculos depois, na história do homem e não está na Bíblia, e de certa forma  confundi alguns, que não compreendem o significado e importância deste evento, este nome, apesar de ser belo e bem adaptável ao evento, representa hoje, que, não há vínculo entre “PASCOA” e “SANTA CEIA”, que são dois eventos diferentes, seria certo afirmar isso?

Os únicos nomes encontrados na Bíblia em relação a este evento é “CEIA DO SENHOR” em (I Coríntios 11.20) e “PÁSCOA” como leremos abaixo:

Lucas 22: 7 – Chegou, porém, o dia dos ázimos, em que importava SACRIFICAR A PÁSCOA. 8 – E mandou a Pedro e a João, dizendo: IDE, PREPARAI-NOS A PÁSCOA, PARA QUE A COMAMOS. 9 – E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos? 10 – E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar. 11 – E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: ONDE ESTÁ O APOSENTO EM QUE HEI DE COMER A PÁSCOA COM OS MEUS DISCÍPULOS? 12 – Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado; aí fazei preparativos. 13 – E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e PREPARARAM A PÁSCOA.

A “CEIA DO SENHOR” seria uma nova “CEIA” que não tem relação nem uma com a “CEIA DE PASCOA” ?

Vamos relembrar o significado da pascoa dos Judeus para melhor compreendermos. A festa da pascoa comemorava o grande livramento de Deus, a libertação da escravidão do povo Judeu, das mãos de faraó no Egito. Vamos ler cuidadosamente os versículos que revelam a estratégia que Deus usou. Naquela ocasião Deus manda cada um separa para si um cordeiro, um para cada família:

Êxodo 12:3 – Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês TOME CADA UM PARA SI UM CORDEIRO, SEGUNDO AS CASAS DOS PAIS, UM CORDEIRO PARA CADA FAMÍLIA.

Depois mandou que eles sacrificassem o tal cordeiro, e o seu sangue deveria ser posto nas umbrais das portas, tendo eles em seguida que comer a carne do cordeiro assado:

Êxodo 12:6-8 – 6 – E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, E TODO O AJUNTAMENTO DA CONGREGAÇÃO DE ISRAEL O SACRIFICARÁ À TARDE. 7 – E TOMARÃO DO SANGUE, E PÔ-LO-ÃO EM AMBAS AS OMBREIRAS, E NA VERGA DA PORTA, nas casas em que o comerem. 8 – E naquela noite COMERÃO A CARNE ASSADA NO FOGO, com pães ázimos; com ervas amargosas a comerão.

O Senhor naquela noite estava preparando a libertação do seu povo, que foi poupado da morte e liberto da escravidão, essa era a razão e significado da pascoa do Senhor…

Êxodo 12:11- Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; ESTA É A PÁSCOA DO SENHOR. 12 – E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o SENHOR. 13 – E AQUELE SANGUE VOS SERÁ POR SINAL NAS CASAS EM QUE ESTIVERDES; VENDO EU SANGUE, PASSAREI POR CIMA DE VÓS, E NÃO HAVERÁ ENTRE VÓS PRAGA DE MORTANDADE, quando eu ferir a terra do Egito.

Então, por esta grande vitória o Senhor ordena que eles comemorem esse dia, chamado de pascoa:

Êxodo 12: 14 – E este dia vos será por memória, e CELEBRÁ-LO-EIS POR FESTA AO SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo.

Comemorar a páscoa era festejar a Grande libertação do povo Judeu, por intermédio do Senhor. Mas, por que Deus usou todo este ritual para depois liberta-los? Por que Ele simplesmente não libertou? Por que cada ato deste ritual tinha um significado!

Para compreendermos devemos observar detalhadamente e comparar com o que Jesus falou e fez na noite da pascoa com seus discípulos.

Lucas 22.15 – E disse-lhes: DESEJEI MUITO COMER CONVOSCO ESTA PÁSCOA, antes que padeça;

Jesus reforça a importância deste evento exibindo sua ansiedade e alegria de está finalmente celebrando sua ultima páscoa, mas, não era só por ser sua ultima páscoa com seus discípulos  e sim por causa do novo significado ou novo “MOTIVO” que o evento representava…

Lucas 22. 19 – E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.

O pão representava o corpo de Jesus o cordeiro que deveria ser imolado em favor do povo de Deus, como foi no Egito.

20 – Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue, que é derramado por vós.

O sangue é o sinal do Cordeiro sacrificado em favor do povo de Deus como no Egito. João diz que jesus é o cordeiro de deus que tira o pecado do mundo:

João 1: 29 – No dia seguinte JOÃO VIU A JESUS, que vinha para ele, e disse: EIS O CORDEIRO DE DEUS, que tira o pecado do mundo.

Jesus quer, que todos nós, nos recordemos do seu sacrifício feito para nos proporcionar a “LIBERTAÇÃO”, superior àquela operada por Deus para com os Israelitas, de fato Jesus nos libertou, nós que ÉRAMOS ESCRAVOS DO PECADO.Enquanto os Hebreus pela Páscoa recordavam o seu êxodo do Egito, nós pela “CEIA DO SENHOR JESUS” recordamos a morte de Jesus pela qual nos LIBERTOU DO PECADO E DA MORTE:PORQUE A LEI DO ESPÍRITO DE VIDA, EM CRISTO JESUS, ME LIVROU DA LEI DO PECADO E DA MORTE.” (Romanos 8.2).Assim como os Israelitas se sentiam em segurança dentro das suas casas aspergidas de sangue, nós também nos sentimos em segurança tendo em vista O DIA DA IRA DE DEUS, quando Deus derramará a sua ardente indignação sobre o mundo, estamos ASPERGIDOS COM O SANGUE DE JESUS e sabemos que seremos livres da sua ira, conforme está escrito:AGORA, SENDO JUSTIFICADOS PELO SEU SANGUE, SEREMOS POR ELE SALVOS DA IRA (Romanos 5:9).Eis o que o apostolo Paulo diz aos Coríntios:PORQUE CRISTO, A NOSSA PÁSCOA, FOI SACRIFICADO POR NÓS” (1 Cor. 5:7)Cristo é nossa PÁSCOA, diz Paulo em seu discurso, então, o que pensar desta declaração?É simples, para compreendermos, temos que está atentarmos a um detalhe que ocorreu com os Judeus relacionado a Páscoa, não vamos olhar apenas para o significado da palavra “PÁSCOA” ou para a cerimonia ordenada por Deus para esta ocasião, mas, olhemos agora para o “MOTIVO” pelo qual se comemorava a “PÁSCOA”; a resposta para a pergunta “POR QUAL MOTIVO OS JUDEUS COMEMORAVAM A PASCOA?” é: por causa de sua “LIBERTAÇÃO” da escravidão que durou aproximadamente 430 anos. E se observarmos Paulo quando diz que Cristo é nossa Pascoa ele está indicando que Jesus morreu para nos libertar, o “MOTIVO” de celebramos hoje a “CEIA DO SENHOR” é nossa “LIBERTAÇÃO”.

A ceia de PASCOA dos Judeus foi ordenada por Deus para que eles comemorassem sua libertação e se lembrassem da provisão de Deus, assim também como a “CEIA do SENHOR” representa nossa Libertação e nos lembra da provisão de Deus para nós.

O que chamam hoje de “SANTA CEIA” é nossa “FESTA DA LIBERTAÇÃO” Jesus é a nossa pascoa.

I Corintios 5: 7 – Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. PORQUE CRISTO, NOSSA PÁSCOA, FOI SACRIFICADO POR NÓS. 8 – Por isso FAÇAMOS A FESTA, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.

Devemos comemorar a vitória da nossa Libertação, como lemos anteriormente, Jesus é a nossa páscoa, por isso comemos o pão (Corpo do Cordeiro) e bebemos o vinho (Sangue do Cordeiro), que é a celebração da nossa pascoa.

Testo elaborado por: Pastor Alexandre Silva Maciel

Mande seu E-Mail para pastor.alexandre_silva@hotmail.com agora mesmo: clica aqui 

Faça Download desta postagem CLICA AQUI: POR QUAL MOTIVO TEMOS QUE CEAR (blog)

Arquivos

TEMAS E CATEGORIAS